Blues, Música

domingoblues# Stevie Ray Vaughan

Por Neivaldo Araújo

Nascido em 03/10/54 (Dallas), Stephen “Stevie” Ray Vaughan, se mudou para Austin com 17 anos, quando iniciou sua carreira musical.

Importante figura do blues, um estilo musical caracterizado pelo swing e pela fusão do blues com o rock, o qual alguém chamou de “Texas Blues“. Tornou-se um dos principais músicos do blues, com diversos álbuns lançados e uma carreira brilhante.

img_0.jpgNo início de sua carreira fazia apresentações na banda de seu irmão Jimmie Vaughan, a princípio tocando o contra-baixo, apenas para ter a oportunidade de tocar em uma banda, que era seu desejo na época. Com a experiência adquirida, assumiu a guitarra definitivamente e após tocar em uma série de bandas, formou o conjunto de blues, Country e rock chamado Double Trouble com o baterista Chris Layton e o baixista Jackie Newhouse no final dos anos 70.

Tommy Shannon substituiu Newhouse em 1981, no início conhecido apenas localmente, Vaughan atraiu a atenção de David Bowie e Jackson Browne, gravando em álbuns de ambos. O primeiro contato de Bowie com Vaughan havia sido no Montreux Jazz Festival. Bowie lançou Vaughan em seu álbum “Let’s Dance” na canção com o mesmo nome e também na canção “China Girl“.

O álbum de estréia do Stevie Ray Vaughan e Double Trouble foi lançado em 1983. O aclamado pela crítica, Texas Flood lançou o sucesso “Pride and Joy” e vendeu bem tanto nos círculos de blues como de rock. Os álbuns seguintes, “Couldn’t Stand the Weather” (1984) e “Soul to Soul” (1985), vivenciaram quase o mesmo sucesso dos discos anteriores.

O vício em drogas e o alcoolismo levaram Vaughan a ter um colapso durante sua turnê em 1986. Passou por um processo de reabilitação na Georgia um ano mais tarde. Após seu retorno, Vaughan gravou “In Step” (1989), outro disco aclamado pela crítica que ganhou um Grammy pela melhor gravação de Blues Rock, foi indicado a doze Grammys, vencendo seis; em 2000,

Vaughan morrreu tragicamente na manhã do dia 27 de agosto de 1990, ele morreu em um acidente de helicóptero, que seguia para uma apresentação no Alpine Valley Music Theater, onde na tarde anterior se apresentara junto com Robert Cray, Buddy Guy, Eric Clapton e seu irmão mais velho Jimmie Vaughan.

Quatro helicópteros estavam a disposição dos músicos, e Stevie encontrou um lugar vazio em um helicóptero com alguns membros da equipe de Clapton, e decidiu embarcar. Em consequência do céu extremamente nublado e da forte névoa, o helicóptero de Stevie virou para o lado errado e foi de encontro com uma pista artificial de ski. Não houve sobreviventes, Stevie Ray Vaughan foi enterrado no Laurel Land Memorial Park,em Dallas, no Texas.

Blues, Música

domingoblues# Buddy Guy – Sweet tea

buddyApós uma pausa de dois anos sem gravar, Buddy retorna com Sweet Tea (2001), um disco que fugiu completamente ao padrão de sua enorme discografia. Lançado pela Silvertone Records, no Mississippi, esta é uma tentativa ousada de criar um disco “mais puro” de blues sem depender de covers ou de bandas conhecidas, sem misturas, sem muitos efeitos ou truques de estúdio. Em certo sentido, a própria idéia por trás deste trabalho era a de levar Buddy de volta ao básico. Uma espécie de retorno aos primeiros dias. O problema é que a produção era um pouco auto-consciente em sua autenticidade estilizada. Daí que havia demasiada preocupação: “muito eco, muito abafado, mais rústico, etc”. Isto o levou a fazer um disco  mais diferente do que quase todos os álbuns de blues contemporâneos. Não soa datado e soa como um genuíno disco de blues.
o-BUDDY-GUy-2A despeito dos pormenores, Sweet Tea é um disco muito bem aceito porque, mesmo com uma produção mais caseira, ele funciona muito bem. tocar num ambiente despojado deixou Buddy muito à vontade, não só fazendo com que tocasse bem, mas permitindo ainda, que viesse a mostrar-se como o grande intérprete que é. Um bom exemplo disto pode ser conferido já na faixa abertura, a acústica, “Done Got Old“. Ela ilustra como o mestre ainda se mostra vital e surpreendente para o blues.

Agradecimento:

Referências:

Blues, Música

domingoblues# Snowy White & The White Flames – Riding The Blues

O guitarrista britânico Blues/Rock, Snowy White, começou a se interessar pela música aos 11 anos, quando ouviu artistas de blues urbanos como BB King, Otis Rush e Buddy Guy, e foi inspirado a criar seu próprio estilo polido e hard de blues britânico.

Depois de se mudar para Londres no início dos anos 70, White passou a década aperfeiçoando seu som e tocando com artistas como Pink Floyd, Peter Green e Thin Lizzy. Em 1979, Thin Lizzy pediu a White para se juntar a eles como um membro da banda de tempo integral. Então, sairam em tour e gravaram os discos Chinatown e The Renegade.

Inquieto, White deixou Thin Lizzy em 1982. Juntamente com o baterista Richard Bailey, o baixista Kuma Harada e o tecladista Godfrey Wang, ele gravou sua estréia solo “White Flames”. Seu single “Bird of Paradise” se tornou um sucesso internacional, alcançando a terceira posição U.K. charts (parada americana).

Referência: