Feito no Brasil, Música

brasil# Samba Jóia – um fenômeno da música popular brasileira!

Por Neivaldo Araújo¹

O Samba-Jóia (também sambão-joia ou somente sambão) foi um termo cunhado por alguns críticos musicais para designar um tipo de samba supostamente de qualidade duvidosa. Benito Di Paula é o principal expoente do desse gênero, que é geralmente tachado de brega.

O movimento, discriminado até hoje no meio acadêmico, reunia o samba-rock (que já era uma fusão de samba com soul music feita por nomes como Jorge Ben) com elementos de bolero e Jovem Guarda, como podemos conferir na música de Agepê, Luiz Américo, Luiz Ayrão, Antonio Carlos e Jocafi e Gilson de Souza.

Cantores e compositores como Luiz Ayrão, gravou “Os Amantes”, “Porta Aberta” e o mega sucesso “A Saudade que Ficou (O Lencinho)”. Benito Di Paula “Ah! Como eu Amei”, Agepê - Mistura brasileira“Retalhos de cetim”, “Se nâo for Amor”, Antônio Carlos e Jocafi  “Água Viva”, “Opus 2”, “Você abusou”, e ainda, no mesmo bolo, Agepê com “Menina de Cabelos Longos”,  “Moro Onde não Mora Ninguém”, “Luiz Desafio”, “Américo Camisa 10” e “O Gás Acabou”. Outro referencial do gênero a música “Pôxa” gravado por Gilson de Souza é considerada um dos mais belos sambas da época. Muito bem recebidos por gente de várias faixas sociais, principalmente pelas classes menos abastadas, foram considerados por alguns críticos como “música de qualidade duvidosa”.

3248046_origEstes artistas recolocaram o samba nas principais emissoras de rádio e TV do país, sendo responsáveis por vendas expressivas do gênero na década de 1970. Segundo Luiz Ayrão, o termo “Samba-jóia” apareceu em uma coluna do Jornal Estado de São Paulo, no final da década de 1970.

wando3Em certos casos, eles contavam com uma reputação semelhante à de compositores e cantores como Paul Anka e Neil Sedaka, que, surgidos num contexto comercial no cenário do rock, eles preferiram se sobressair, depois, como compositores românticos. Junto a eles, apareceu o cantor Wando, através de sucessos como Moça, Senhorita.

efc09299b9d888dc22a4d42590d8834aNa segunda metade dos anos 80 grandes partes desses artistas caíram no esquecimento da mídia, porem deixaram um legado e passaram a influenciar uma geração de artistas, lançados pouco depois como astros da música sertaneja como Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo, Zezé Di Camargo e Luciano, entre outros. Influenciaram também os compositores Michael Sullivan e Paulo Massadas, principalmente por causa dos sucessos de autoria destes, gravados pela sambista Alcione.

19e2888845e91f2d79b1384f8198f183Alguns críticos apontam o gênero como precursor do “pagode romântico” da década de 90, pelas influências e trejeitos similares, o primeiro grupo de sucesso foi o Raça Negra, seguido do Só Pra Contrariar (que lançou o cantor Alexandre Pires), Katinguelê, Grupo Molejo, Negritude Júnior, Art Popular, Karametade, Exaltasamba, Soweto (que lançou o cantor Belo) e Os Morenos.

Ao contrario do que alguns críticos disseram o Samba-Jóia não foi uma moda musical passageira. Deixou vários sucessos, muitos dos quais tocados até hoje, e influenciou muita gente no cenário da musica popular, até mesmo a face mais elitizada da chamada MPB.

Grandes Sucessos do Gênero:

  1. Água Viva – Antônio Carlos e Jocafi. Disco: Agua Viva (1980) – Compacto
  1. Ah! Como eu Amei – Benito de Paula. Disco: Benito de Paula (1981)
  1. Além do Arco Íris – Benito Di Paula. Disco: Benito Di Paula (1976)
  1. Camisa Dez – Luiz América. Disco: Camisa Dez (1974)
  1. Desafio – Luiz Américo. Disco: Desafio (1973) – Compacto
  1. Do Jeito que a Vida Quer – Benito de Paula. Disco: Benito di Paula (1976)
  1. Menina de Cabelos Longos – Agepê. Disco: Menina dos Cabelos Longos (1977)
  1. Meu Amigo Charlie Brown – Benito di Paula. Disco: Gravado ao Vivo (1974)
  1. Mulher Brasileira – Benito di Paula. Disco: Brasil Som 75 (1975)
  1. Moro Onde não Mora Ninguém – Agepê. Disco: Moro Onde não Mora Ninguém (1975)
  2. Nossa Canção – Luiz Ayrão. Disco: Luiz Ayrão (1976)
  1. O Gás Acabou – Luiz Américo. Disco: Cartão Vermelho (1977)
  1. Opus 2 – Antônio Carlos e Jocafi. Disco: Louvado Seja (1978)
  1. Os Amantes – Luiz Ayrão. Disco: Luiz Ayrão (1977)
  1. Porta Aberta – Luiz Ayrão. Disco:  Porta Aberta (1973) – Compacto
  1. Pôxa – Gilson de Souza. Disco: Pôxa (1975)
  1. Proteção das Borboletas – Benito Di Paula. Disco: Benito di Paula (1977)
  1. Retalhos de Cetim – Benito Di Paula. Disco: Um Samba Novo (1973)
  1. A Saudade que Ficou (O Lencinho) – Luiz Ayrão. Disco: Amigos (1979)
  1. Se nâo for Amor – Benito de Paula. Disco: Um Samba Novo (1973)
  1. Você Abusou – Antônio Carlos e Jocafi. Disco: Mudei de Ideia (1979)

—————————————————————————————————————————————

02 - neivaldo-9-2¹Neivaldo Araújo é um estudioso da música brasileira. Natural  de Fortaleza/Ce, pesquisa e escreve sobre os temas mais variados, fazendo uso de uma abordagem simples e direta, busca apresentar a “nossa” música através de uma perspectiva pessoal, porém, de largo alcance.

Anúncios

4 comentários em “brasil# Samba Jóia – um fenômeno da música popular brasileira!”

Ajude-nos a melhorar. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s