Reflexão

The Honey Trees – The Bright Fire

esteriltipo

thehoneytreesEstão prontos para uma experiência acústica diferenciada?

Bom, é isso que o The Honey Trees provoca neste The Bright Fire! Mesmo não sendo o tipo de som que escuto normalmente, pude perceber que a dupla, com a ajuda de um bom produtor, conseguiu fazer uma pequena obra-prima.
Um disco feito de climas, no qual a percussão é responsável por uma tensão que vai do início ao fim do disco. Os teclados se destacam pela forma como se escondem, participando das composições apenas como plano de fundo – alternando-se, claro, em função das atmosferas. Os vocais são harmoniosos, mas demasiadamente melosos, o que os torna um tanto cansativos. Todavia, não comprometendo o produto final.

De um modo geral, do ponto de vista musical, as afirmações acima são corretas, mas não informam o que verdadeiramente importa:

O que faz da audição deste disco uma experiência diferenciada, é que ele tem uma profundidade aprimorada – estou falando do…

Ver o post original 123 mais palavras

Anúncios

Ajude-nos a melhorar. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s