Reflexão

A lei do mais forte

A divulgação da violência por parte da grande mídia tem contribuído para a sua banalização. Como efeito, temos começado a encarar como normal que alguém faça justiça com as próprias mãos, sob a máxima de que “bandido bom é bandido morto”, enfrentado violência com violência. Não podemos perder nossa capacidade de indignação com tantas barbaridades em nome de uma justiça que prega a lei do mais forte. Todavia, é contra o Estado que devemos nos indignar!

Anúncios

Ajude-nos a melhorar. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s