Poesia

Sobre Mim

Sou uma réplica de mim mesmo.
Sou a soma de tudo quanto toco, a mistura de todas as minhas experiências.
Sou o acerto, o fracasso, a vontade de potência.
Sou a libido, a necessidade…
Sou o paradoxo da existência.
Sou o gosto pelo infinito, a raiva, o inconformismo.
Sou aquilo em que acredito, mas também, aquilo de que duvido.
Sou a contradição, a soma dos opostos.
O rompimento e o nexo.
Sou assim como as bocas alheias descrevem:
Sou a imprevisibilidade…
Eu sou o silêncio!

Anúncios