Reflexão

DIA NACIONAL DA CAATINGA

 Instituído através de decreto presidencial, de 20 de agosto de 2003, o 28 de abril foi escolhido em homenagem ao primeiro ecólogo do Nordeste brasileiro e pioneiro em estudos da caatinga, o professor João Vasconcelos Sobrinho. Durante muito tempo pensou-se que a caatinga fosse um ecossistema pobre, por isso a escassez de estudos sobre ela.
O patrimônio biológico da caatinga não é encontrado em nenhum outro lugar do mundo além do Nordeste do Brasil. Inclui áreas do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e o Norte de Minas Gerais. São espécies nativas da caatinga ”barriguda” (Cavanillesia arborea), amburana, aroeira, umbu, baraúna, maniçoba, macambira, mandacaru e juazeiro. A fauna nativa inclui o sapo-cururu, asa-branca, cotia, preá, veado-catingueiro, tatu-peba, sagüi-do-nordeste e cachorro-do-mato.
No entanto, o estudo minucioso da caatinga não trouxe boas notícias. Os pesquisadores constataram que esse é o terceiro ecossistema brasileiro mais degradado, atrás apenas da Mata Atlântica e do cerrado. 50% de sua área foram alterados pela ação humana, sendo que 18% de forma considerada grave por especialistas. A desertificação, encontrada principalmente em áreas onde antes se desenvolvia o plantio de algodão, apresenta-se bastante avançada.  

 

Além do desmatamento, um sério problema enfrentado por esse domínio é a caça aos animais, única fonte de proteínas dos sertanejos que residem na área. A percentagem das áreas de caatinga protegidas por reservas e parques é ínfima: 0,002%, segundo o Ministério do Meio Ambiente. "Precisamos mudar esse patamar de proteção para não perdermos espécies que ocorrem apenas na caatinga", declarou a diretora de Áreas Protegidas do Ministério, Inah Simonetti.
O Ministério do Meio Ambiente já declarou seu interesse em transformar a caatinga em patrimônio nacional e assumir para si a responsabilidade da proteção. Que o gesto não sirva apenas como um reconhecimento tardio pelo governo do único bioma exclusivamente brasileiro.

 

Fonte: Noolhar
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/abril/dia-nacional-da-caatinga.php

:: No Ceará, a Caatinga é preservada em duas áreas: Estação Ecológica de Aiuaba, com 11.500 ha, implantada na década de 70, sob a coordenação do Prof. Renato Aragão e a Reserva Natural Serra da Almas, Crateús, com 6.000 ha, propriedade da Associação Caatinga, presidida por Roberto Proença de Macêdo.

Anúncios

Um comentário em “DIA NACIONAL DA CAATINGA”

  1. http://img2.imageshack.us/img2/9185/immagine1tpp.pngAngelo cadutosu; are ereEcco un angelo caduto dal cielol’odio si è fatto carnefiglio della sua crudeltàdolci sospiri di un uomo alienatola tristezza ha ormai riempito il tuo cuoreanima perturbata e stanca,oh mondo chiudi davanti a me tuttele tue portecosì mi riaggregherò con l’eterno.tineNLuigi Somma – tratto da le mie poesiee buona settimana aricyaonadir

    Curtir

Ajude-nos a melhorar. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s