Poesia

As Leis do Futuro

… Não permita que a crença no destino oriente a sua vida, você é o responsável.
Deixe seu sentimento ser livre. Seu coração é seu guia.
Fortaleça-se e se prepare para o amanhã.
Não tema o futuro que se aproxima…

(trecho de uma música que ouvi)

Poesia

A Voz

linguagem_corporal 

 

Havia um lugar onde habitava o silencio

A linguagem presente era a expressão dos corpos

A comunicação era um fenômeno repleto de sensibilidade

e o ato do ‘dizer’ se manifestava no gesto mais delicado

Em meio ao tudo, havia alguém infeliz

Sua face emitia sinais confusos

Não havia como dar significado às suas expressões

Ele se recolhia em sua dor cada vez mais

Quando não mais pode resistir,

num espaço delimitado no tempo,

liberou um grito transbordante de extase, de dor

de sofrimento

Espantados, os outros correram atônitos

Não conheciam aquilo. Aquilo remetia ao fim

Soava como se fora o céu se rompendo.

Como se houvera uma quebra no firmamento.

Surgia o som.

Tudo se transformava

Ruído ensurdecedor

que lentamente se estabilizava

Seguia-se uma longa pausa

Som e silencio se articulavam

A realidade se reconstruia

A voz, então, nascia.